Pages

  • RSS

28 de mar de 2010

Se liga!

Generalidades


Depressão é uma palavra freqüentemente usada para descrever nossos sentimentos. Todos se sentem "para baixo" de vez em quando, ou de alto astral às vezes e tais sentimentos são normais. A depressão, enquanto evento psiquiátrico é algo bastante diferente: é uma doença como outra qualquer que exige tratamento. Muitas pessoas pensam estar ajudando um amigo deprimido ao incentivarem ou mesmo cobrarem tentativas de reagir, distrair-se, de se divertir para superar os sentimentos negativos. Os amigos que agem dessa forma fazem mais mal do que bem, são incompreensivos e talvez até egoístas. O amigo que realmente quer ajudar procura ouvir quem se sente deprimido e no máximo aconselhar ou procurar um profissional quando percebe que o amigo deprimido não está só triste.


Como é?

Os sintomas da depressão são muito variados, indo desde as sensações de tristeza, passando pelos pensamentos negativos até as alterações da sensação corporal como dores e enjôos. Contudo para se fazer o diagnóstico é necessário um grupo de sintomas centrais:



Perda de energia ou interesse

Humor deprimido

Dificuldade de concentração

Alterações do apetite e do sono

Lentificação das atividades físicas e mentais

Sentimento de pesar ou fracasso



Os sintomas corporais mais comuns são sensação de desconforto no batimento cardíaco, constipação, dores de cabeça, dificuldades digestivas. Períodos de melhoria e piora são comuns, o que cria a falsa impressão de que se está melhorando sozinho quando durante alguns dias o paciente sente-se bem. Geralmente tudo se passa gradualmente, não necessariamente com todos os sintomas simultâneos, aliás, é difícil ver todos os sintomas juntos. Até que se faça o diagnóstico praticamente todas as pessoas possuem explicações para o que está acontecendo com elas, julgando sempre ser um problema passageiro.

Outros sintomas que podem vir associados aos sintomas centrais são:




Pessimismo

Dificuldade de tomar decisões

Dificuldade para começar a fazer suas tarefas

Irritabilidade ou impaciência

Inquietação

Achar que não vale a pena viver; desejo de morrer

Chorar à-toa

Dificuldade para chorar

Sensação de que nunca vai melhorar, desesperança...

Dificuldade de terminar as coisas que começou

Sentimento de pena de si mesmo

Persistência de pensamentos negativos

Queixas freqüentes

Sentimentos de culpa injustificáveis

Boca ressecada, constipação, perda de peso e apetite, insônia, perda do desejo sexual



http://www.psicosite.com.br/tra/hum/depressao.htm






2 comentários:

Débora Accioly disse...

MUITO interessante irmãzinha!
Beijos Flor

Débora Accioly disse...

Flor, me ensina a deixar meu blog bonito que nem o teu???? huahuahuahaua beijos

Postar um comentário

sobreisso: